Assuntos de Goiás TV

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Presa na PF em SP, Prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera, passa fim de semana sem receber visitas – A Lua Como Recompensa | Blog do Rei


A prefeita de Ribeirão Preto (SP), Dárcy Vera (PSD), passou o fim de semana na sede da Polícia Federal (PF), em São Paulo (SP), sem receber visitas. A chefe do Executivo foi levada à capital após ser presa na sexta-feira (2) durante a segunda etapa da Operação Sevandija, intitulada Mamãe Noel.
Segundo o Ministério Público (MP), o pedido para a prisão partiu da Procuradoria-Geral de Justiça, responsável por investigar crimes envolvendo prefeitos, que a denunciou por peculato, associação criminosa e corrupção passiva.
De acordo com o presidente afastado do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto e delator da Operação Sevandija, Wagner Rodrigues, a prefeita está envolvida em um desvio nos pagamentos pela Prefeitura de honorários advocatícios indevidos à ex-advogada da entidade, Maria Zuely Alves Librandi, também presa na sexta-feira.
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) afirma que R$ 45 milhões foram desviados dos cofres municipais para favorecer o grupo que inclui a prefeita, o próprio Wagner Rodrigues, Maria Zuely, o ex-secretário de Administração, Marco Antônio dos Santos, o ex-advogado do sindicato, Sandro Rovani, e o advogado André Soares Hentz.
Em sua delação, Rodrigues afirma que Dárcy seria beneficiada por R$ 7 milhões. A defesa da prefeita diz que ela tem como provar que não está envolvida no esquema.

Seguidores