Assuntos de Goiás TV

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Justiça reduz indenização a ser paga por enfermeira que matou yorkshire #QuestãoBrasil via @Reinaldo_Cruz

Valor a ser pago por mulher caiu de R$ 20 mil para R$ 5 mil, em Goiás; veja. 

Ela foi filmada espancando cadela na frente da filha, de 2 anos, em 2011. 

 A Justiça reformou a sentença da enfermeira Camila Correia, condenada por agredir e matar uma cadela da raça yorkshire em Formosa, no Entorno do DF, em novembro de 2011. 

Em decisão monocrática, o desembargador Kisleu Dias Maciel Filho reduziu a indenização a ser paga pela ré de R$ 20 mil para R$ 5 mil. 

O crime, cometido na frente da filha de 2 anos, foi registrado em vídeo por vizinhos e ganhou grande repercussão nas redes sociais. 

Em maio de 2015, Camilla havia sido condenada pela juíza Marina Cardoso Buchdid, da 2ª Vara Cível, das Fazendas Públicas e de Registros Públicos de Formosa, por danos morais coletivos. 

Na época, a defesa recorreu e obteve agora a decisão reparatória do desembargador.

Seguidores